Desligamento da Caixa é limitado a 2.964 funcionários

761
AUTOREquipe Lameirão
Caixa oferece Plano de Demissão de Empregado para 2964 funcionários

Terminou ontem (5/3) o prazo para participar do Programa de Desligamento de Empregado da Caixa Econômica Federal – PDE/2018. A correspondência interna foi enviada para as unidades no dia 22 de fevereiro último, com instruções de como os gestores deveriam encaminhar o assunto.

O comunicado informa que “a opção de adesão é do empregado, mas a prerrogativa de acatar a proposta de desligamento é da CAIXA” .

Em nota, a Caixa informa que objetivo é “ajustar a estrutura ao cenário competitivo e econômico atual, buscando mais eficiência do banco”. Isto significa uma economia de R$ 500 milhões ao ano a partir de dezembro de 2018.

Como benefício o programa pagará, em parcela única, o “equivalente a 9,8 remunerações base do empregado, limitado a R$ 490 mil. A data de referência da remuneração é 31/01/2018. O Saúde Caixa também poderá ser mantido pelos optantes do plano, nas mesmas condições dos aposentados desde que aprovados os requisitos necessários.

O número de desligamentos foi limitado a 2.964 empregados. Caso o número de interessados for superior a prioridade do desligamento, haverá uma análise dos pedidos e cinco critérios serão aplicados para o desempate, são eles:

1º Critério: data de adesão mais recente;

2º Critério: maior idade;

3º Critério: empregados já aposentados pelo INSS;

4º Critério: maior tempo de Caixa;

5º Critério: empregados lotados em unidades com menor turnover interno. entre elas, considerando a informação acumulada do ano de 2017.

Importante: os ocupantes de cargos estatutários não podem aderir ao programa.

O desligamento ocorrerá entre os dias 1º e 12/03/2018, conforme agendamento realizado pelo Sistema de Programas de Apoio – SIPGA.

Sindicatos

Todos os anos, desde 2015, a Caixa têm oferecido planos de demissão/incentivo a aposentadoria. Para a empresa que em 2014 empregava 105 mil pessoas, a redução tem dado certo, já que hoje o número não ultrapassa os 87 mil empregados.

Em matéria publicada pelo SPBancários, o dirigente do Sindicato e empregado da Caixa, Francisco Pugliesi, o Chico, comentou o plano de demissão:

“vai agravar ainda mais as já péssimas condições de trabalho na Caixa. Bancários, que já estão sobrecarregados, serão forçados mais uma vez até o limite das suas forças. Vai existir reposição dos que deixarem o banco? Além disso, a população também sofrerá com o atendimento cada vez mais precarizado e a redução do papel social da instituição. Nossa avaliação é que o governo Temer tem um plano de desmontar a Caixa, reduzindo a sua importância e jogando a população contra a instituição, justificando assim uma possível privatização”, e acrescenta: “ o empregado mal tem tempo para refletir sobre a sua decisão. Outro ponto é a redução do valor pago. No último plano eram 10 salários, nesse são 9,8”.

Para auxiliar, publicamos em ebook com cuidados que o optante deve ter, além do conteúdo integral da CI DEPES 004/18.

 

Novo Plano de Demissão Voluntária